Para o vereador existe um modus operandi na Casa de Leis, “após eu me posicionar contra pessoas maliciosas foram para mídia criticando minha fé, pessoas maliciosas, descompromissadas com a verdades, pessoas que nem temor a Deus tem”, argumentou.

O vereador Alexandre Rodrigo, o Irmão Alexandre (PSC) usou a Tribuna Livre nesta segunda-feira (07-08) na sessão Ordinária da Câmara Municipal, após uma moção de repúdio não ir para pauta do dia, a mesma é endereçada ao Secretário Geral da Casa do Povo, Nabson Nattan. 

Na fala o vereador argumenta que o secretário geral gritou com ele questionando sua posição em uma votação no Plenário da Casa de Leis, questionou sua fé, “naquela ocasião houve gritaria, temos testemunhas, pessoas que passavam na rua ouviram a gritaria aqui nessa casa de leis, não me arrependo das minhas decisões, não sou de ficar em redes sociais, discutindo, falando, caluniando e expondo as pessoas, por trás de cada legislador, existe um marido, um filho, uma esposa, ou seja uma família torcendo pelo sucesso”, disse. 

Para o vereador existe um modus operandi na Casa de Leis, “após eu me posicionar contra pessoas maliciosas foram para mídia criticando minha fé, pessoas maliciosas, descompromissadas com a verdades, pessoas que nem temor a Deus tem”, argumentou. 

Ele finaliza falando dos parasitas e comparando com o secretário geral, “eu descobri que tem pessoas parasitas, que colam em pessoas com caráter e de bem como o presidente da Câmara Municipal para se promover, homens que não tem honra, mas colam nos outros para ter liberdade para mandar e desmandar, cuidado senhor Presidente, por que o fim do hospedeiro é padecer”, finaliza. 

Em resposta, no Facebook, Nabson postou, “será que a “farra dos carros públicos” nos finais de semana e horários fora do expediente também é culpa minha?”, que para o vereador o secretário é adepto ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e está utilizando do mesmo estilo, o de ser “vítima”. 

A moção de repúdio ainda não foi para sessão, os vereadores que assinaram aguardam para a próxima sessão.