Campeão do US Open, Rafael Nadal abriu vantagem na ATP. Já Garbiñe Muguruza se beneficiou de derrotas de rivais e se tornou número 1 pela 1ª vez.

O tênis espanhol tem motivos de sobra para se orgulhar nesta segunda-feira. Rafael Nadal e Garbiñe Muguruza apareceram como líderes dos rankings da ATP e da WTA, respectivamente, ao final do US Open, em Nova York. É a primeira vez que a Espanha lidera as listas masculina e feminina. O último país a conseguir o feito havia sido os Estados Unidos, em 2003, com Andre Agassi e Serena Williams.

Dono de 16 títulos de Grand Slam e de três do US Open depois de ter vencido o sul-africano Kevin Anderson na final disputada deste domingo, Rafael Nadal se consolidou na liderança do ranking da ATP, abrindo quase 2.000 pontos de vantagem no topo sobre o segundo colocado, Roger Federer. O suíço chegou aos Estados Unidos com chances de voltar à ponta, mas caiu nas quartas de final.

Kevin Anderson, finalista de um Grand Slam pela primeira vez na carreira, ganhou 17 posições e chegou ao 15º lugar. Eliminado pelo sul-africano nas semifinais, o também espanhol Pablo Carreño Busta estreou na lista dos dez melhores, na décima posição.

Muy orgullosa de compartir este momento con el mejor! Really proud to share these moment with best! @rafaelnadal #number1 🥇❤️

A post shared by Garbiñe Muguruza (@garbimuguruza) on

WTA – Garbiñe Muguruza assumiu a liderança entre as mulheres, apesar de ter sido eliminada nas oitavas de final pela checa Petra Kvitova. A atleta nascida na Venezuela e naturalizada espanhola (foi ainda criança viver em Barcelona) tinha poucos pontos a defender e se beneficiou das eliminações precoces de Karolina Pliskova, a antiga líder, e Simone Halep, segunda colocada. A espanhola chegou a 6.030 pontos, 65 a mais que a vice-líder Halep.

Muguruza se tornou a segunda espanhola a assumir a liderança, 22 anos depois de Arantxa Sánchez, tricampeã de Roland Garros (1989, 1994 e 1998) e campeã do US Open em 1994. Campeã em Nova York, a americana Sloane Stephens subiu 66 posições e é 17ª colocada. Afastada das quadras por lesão, ela era apenas a 957ª há cinco semanas.

Ranking da ATP:

1. Rafael Nadal (ESP) 9.465 pontos.

2. Roger Federer (SUI) 7.505.

3. Andy Murray (GBR) 6.790.

4. Alexander Zverev (ALE) 4.470.

5. Marin Cilic (CRO) 4.155.

6. Novak Djokovic (SER) 4.125.

7. Dominic Thiem (AUT) 4.030.

8. Stan Wawrinka (SUI) 3.690.

9. Grigor Dimitrov (BUL) 3.575.

10. Pablo Carreño Busta (ESP) 2.855.

——————————————.

68. Rogerio Dutra Silva (BRA) 723.

.6. Thomaz Bellucci (BRA) 682.

113. Thiago Monteiro (BRA) 495.

Ranking da WTA:

1. Garbiñe Muguruza (ESP) 6.030 pontos.

2. Simona Halep (ROM) 5.965.

3. Elina Svitolina (UCR) 5.640.

4. Karolina Pliskova (RTC) 5.520.

5. Venus Williams (EUA) 4.756.

6. Caroline Wozniacki (DIN) 4.640.

7. Johanna Konta (GBR) 4.520.

8. Svetlana Kuznetsova (RUS) 4.410.

9. Dominika Cibulkova (ESQ) 3.770.

10. Jelena Ostapenko (LET) 3.502.

——————————————.

70. Beatriz Haddad Maia (BRA) 824.

344. Teliana Pereira (BRA) 120.

373. Paula Gonçalves (BRA) 104.