Terceiro colocado, clube do litoral visita o Sport e pode diminuir diferença para sete pontos. Em alta com Valentim, Palmeiras recebe a Ponte Preta.

Após o empate com o Grêmio na quarta-feira, o atacante Jô, do Corinthians, celebrou o fato de ter aberto “mais um ponto de vantagem” sobre os concorrentes na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, no entanto, dois rivais do clube alvinegro completam a 29ª rodada e podem ultrapassar o Grêmio, assumir a vice-liderança e diminuir a folga do líder, que tem 59 pontos. O Santos, terceiro colocado com 49, visita o Sport, em Recife, às 21h (de Brasília). Mais cedo, às 20h, o Palmeiras, quarto na tabela com 47 pontos, recebe a Ponte Preta, no Pacaembu.

Para seguir sonhando com um título no ano, Santos e Palmeiras não podem tropeçar nesta noite. Caso ambos vençam, a diferença para o Corinthians cairia para sete e nove pontos, respectivamente. O clube alviverde ainda teria como vantagem o fato de ter um confronto direto com o rival, em Itaquera, na 32ª rodada. Já o Grêmio, vice-líder, voltará suas atenções para a semifinal da Libertadores e deve deixar o caminho mais livre para os concorrentes.

Na Ilha do Retiro, o Santos terá uma missão difícil diante do Sport, 15º colocado e ainda ameaçado pelo rebaixamento. O técnico Levir Culpi não terá Bruno Henrique e Renato, lesionados, e Alison, suspenso. O lateral Zeca, que fez postagens polêmicas após o empate contra o Vitória, deve ser punido e começar a partida no banco. Criticados nas últimas partidas, Lucas Lima, Copete e Ricardo Oliveira seguem como esperança de gols.

Já o Palmeiras vive momento mais tranquilo depois da saída do técnico Cuca e da atuação convincente diante do Atlético-GO na estreia do interino Alberto Valentim. Diante da Ponte em crise (é a 17ª colocada, primeira na zona da degola), o Palmeiras terá apenas um desfalque: o venezuelano Alejandro Guerra, que sofreu luxação na clavícula. Destaque na última partida, Keno será mantido no ataque com Dudu e Willian. O jogo marca o reencontro entre o técnico Eduardo Baptista, agora na Ponte, com a equipe pela qual iniciou a temporada de 2017.

Outros dois jogos envolvendo equipes baianas completam a rodada desta quinta: o Vitória (16º colocado) recebe o Atlético-PR (13º) no Barradão, às 20h; uma hora depois, o Flamengo (7º) encara o Bahia (12º), na Ilha do Urubu.