Segundo a Secretaria Municipal de saúde de Peixoto de Azevedo os números de casos registrados com o Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) caíram 33% este ano.

Ate o mês de Outubro 12 casos foram registrados menos que no mesmo período do ano passado, no qual 18 casos foram registrados. 
Dessas 12, a maioria são homens totalizando 7 pessoas infectadas, e 5 são mulheres.

Ainda segundo a secretaria, um dos casos foi descoberto durante exames de rotina em uma gestante que esta tendo acompanhamento médico.

Maria Célia Braga ressaltou que o numero de caos de pessoas infectadas pode ser muito maior, pois o município não oferece o teste rápido para a detecção da doença nos PSFs.

Apesar da redução nos casos diagnosticados, Peixoto de Azevedo ainda aparece na lista dos municípios que ainda não estão isentos da doença, mesmo assim a secretaria de saúde comemora os resultados.

“Peixoto deixou de ser atendido pelo Serviço de Assistência Especializada em HIV/Aids (SAE) de Sinop, no mês passado. Devido a isso, o município está passando por uma estruturação, equipe e reforma de prédio para que o SAE local comece a funcionar de forma totalmente independente. Porém, desde o desligamento já estamos atendendo os pacientes da Regional de Saúde de Guarantã, Matupá, Novo mundo, Peixoto e Terra Nova do Norte. A estrutura ainda é provisória e dependemos da dispensação de medicamentos do SAE em Sinop”, explicou Maria Célia ao Só Noticias