Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) deram continuidade, nesta segunda-feira (28), oitavo dia da manifestação dos caminhoneiros em todo o Brasil, às operações de escoltas de combustíveis e insumos para os serviços essenciais no Mato Grosso. Além da capital, municípios do interior também contaram com o apoio da PRF, que vem garantindo a manutenção de diversos serviços básicos como transporte e segurança pública, saúde e aviação no estado.

Durante a tarde, a PRF deu início a escolta de 12 caminhões-tanque que seguirão até a cidade de Paulínia, em São Paulo, para o carregamento de combustível. Trata-se uma operação nacional que envolve a PRF do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e São Paulo, além de equipes do Exército Brasileiro. Esses veículos, ontem segunda (28), foram escoltados até o município de Rondonópolis, no sudeste do estado, e seguirão na manhã desta terça sentido ao MS. Os tanques serão carregados com combustível para aviação.

A expectativa da PRF é que ainda hoje (29) quatro caminhões, que já estão carregados em Paulínia, sejam escoltados até o estado. A carga tem como destino o Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, para onde já foram escoltados cerca de 492 mil litros de querosene para aviação desde o início da manifestação. Com isso, neste período, o terminal operou normalmente e tem autonomia para pousos e decolagens até esta quarta, quando deve chegar o novo carregamento.

Capital – Em Cuiabá, a população já pode contar com combustível nas bombas de diversos postos da capital. Veículos oficiais e dos órgãos prestadores de serviços essenciais têm prioridade no abastecimento. Vários caminhões-taque contaram com o apoio da PRF para transpor os bloqueios nas vias de acesso à cidade.

Na tarde de segunda (28), os policiais rodoviários federais escoltaram cinco tanques da BR-364, no Distrito Industrial, até a cidade, onde os 110 mil litros de combustível foram distribuídos. Além da gasolina e etanol, as operações de escolta da PRF estão voltadas para o transporte das cargas perecíveis, produtos alimentícios e hospitalares.

Ontem, um caminhão de gás também contou com o apoio de duas viaturas da PRF para chegar até a capital. A carga tinha como destino o Hospital Jardim Cuiabá, Hospital do Câncer e creches. Cargas de frutas também foram escoltadas.

Interior – As operações de escolta da PRF também acontecem no interior do MT. Além das cargas sensíveis, combustíveis foram escoltados para diversos municípios como Jaciara, Dom Aquino, Campo Verde, Poxoréu, Primavera do Leste, Rondonópolis, Barra do Garças, Alta Floresta, Sinop, Paranatinga e Sorriso. A PRF vem acompanhando o desabastecimento nas localidades do interior e apoiando por meio das escoltas o transporte de combustíveis até essas cidades. Distribuidoras da capital já estão destinando cargas para os municípios mais distantes.