O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), anunciou que a Prefeitura começará, a partir desta segunda-feira (29), a publicar uma série de licitações para a compra de mobiliários e equipamentos para o novo Pronto-Socorro da Capital, no montante de R$ 48 milhões.

A informação foi confirmada durante vistoria da obra de construção, nesta manhã, que é acompanhada do governador Pedro Taques (PSDB) e outras autoridades. Conforme o prefeito, nesta segunda-feira será lançado o edital de R$ 18 milhões para aquisição de equipamentos. Até o final de fevereiro, serão abertas outras concorrências para compra de móveis e mais equipamentos necessários ao funcionamento da unidade de saúde.

Apesar do anúncio de investimentos, Emanuel Pinheiro disse que a data que estava prevista para a inauguração do novo Pronto-Socorro, 8 de abril, aniversário de Cuiabá, não está mais garantida. Porém, garantiu que será no 1º semestre deste ano.

Com relação à data de inauguração, Pinheiro afirmou: “Eu estou avaliando em virtude do processo licitatório, que não tenho como prever se vai haver disputas, impugnações, brigas judiciais ou não. Então, eu já não posso assegurar (o que era o meu grande desejo) que é a data de 8 de abril de 2018, a data dos 299 anos de Cuiabá. Estamos trabalhando com o prazo de até junho, 1º semestre. Agora, eu entrego no aniversário de Cuiabá a UPA Verdão”.

Segundo ele, apesar da aparência das obras não indicar a conclusão próxima da obra, faltam poucas etapas para que isso ocorra. “Agora é só o fechamento. Chegou há pouco tempo 7 carretas de ar condicionado, já vão colocar. Daqui a pouco vai chegar o gerador, depois os elevadores. Daí vai embora!”, garantiu.