O BAILE DE NEY

Acompanhar a partida na qual um jogador torna-se no maior artilheiro da história de um clube vale um ingresso. Ver a maior goleada de um time na história de uma competição também enche os olhos. O que dizer de um jogo em que um atacante faz quatro gols e duas assistências? E quando tudo isso acontece em um só dia, numa só partida? É histórico. Assim foi a goleada do PSG por 8 a 0 sobre o Dijon nesta quarta-feira, no Parque dos Príncipes, pela 21ª rodada do Francês. Neymar teve sua melhor atuação desde que chegou a Paris, com quatro gols. E Cavani, ao lado de Ibrahimovic, agora é o maior artilheiro da história do PSG. Que noite.

OS 90 MINUTOS
Só um time jogou. Foi um massacre. Na primeira etapa, o PSG chutou quatro vezes ao gol. E marcou quatro gols. Di María abriu o placar aos três minutos, com um lindo chute cruzado, no canto esquerdo de Reynet. Pouco depois, ele ampliou. Aproveitou grande jogada e chute de Neymar da esquerda e, quando a bola ia saindo pela linha de fundo, triscou para o gol: 2 a 0. Aos 20 minutos, Cavani fez, de cabeça, após cruzamento de Di María. O 4 a 0 do primeiro tempo veio com Neymar, que cobrou linda falta da direita e colocou no ângulo esquerdo de Reynet.

Na segunda etapa, nada mudou. Aos 12 minutos, Neymar aproveitou corte mal feito pelo zagueiro Yambéré e mandou de primeira para o gol. Aos 28, veio a obra-prima. O brasileiro arrancou da esquerda para o meio, passou por cinco marcadores diferentes até chegar na área e chutou cruzado. Não perca a conta: 6 a 0. Pouco depois, o camisa 10 deu o passe para o gol de Mbappé – que começou no banco. A goleada foi fechada aos 37. Pênalti sofrido por Cavani e cobrado e convertido por… Neymar: 8 a 0. Ufa!

SHOW DE NEYMAR
Neymar teve sua melhor atuação no PSG. Marcou quatro gols e deu duas assistências. Participou de seis dos oito gols da goleada. É a quinta vez em sua carreira que marca quatro gols em uma só partida, a primeira vez pelo Paris – antes, havai feito, no máximo, dois gols em um mesmo jogo. Ele chegou aos 24 gols em 23 jogos. E a 14 assistências. Ou seja, participou de 38 gols na temporada pelo PSG.

MAIS CRISE?
Após a partida, Neymar não foi saudado pela atuação de gala. Nem saudou a torcida. Deixou o campo cabisbaixo e sem falar com a imprensa. Ele foi vaiado pelos torcedores na cobrança do pênalti. Os fãs do PSG pediam Cavani, que poderia chegar aos 157 gols pelo clube e tornar-se, assim, no maior artilheiro da história do clube. Após uma goleada por 8 a 0, vem nova crise no PSG por aí?

RECORDE IGUALADO
Cavani fez um dos oito gols do PSG na noite desta quarta e chegou a 156 com a camisa do PSG. O uruguaio iguala Ibrahimovic como o maior artilheiro da história do clube. O sueco, no entanto, precisou de menos partidas para chegar à marca. Precisou de 180 partidas para fazer seus 156 gols, enquanto Cavani atuou em 226 jogos até o momento.

O QUE VEM POR AÍ?
O PSG chega aos 56 pontos e mantém os 11 de vantagem sobre o segundo colocado Lyon. O Dijon é o 11º, com 25 pontos. Na próxima rodada, os dois melhores times do Campeonato Francês se enfrentam. O Lyon recebe o PSG neste domingo, às 18h, com acompanhamento em Tempo Real no GloboEsporte.com e transmissão do SporTV. O Dijon visita o Strasbourg no sábado.