Um menino de três anos ficou com o esôfago corroído após ingerir soda cáustica, em Colniza, a 1.065 km de Cuiabá, no dia 13 de junho deste ano. Lucas de Jesus visitava a avó, na zona rural do município, quando achou um recipiente contendo restos do produto no quintal do vizinho, colocou na boca e engoliu, segundo a mãe dele, Leiliane de Jesus.

Segundo a mãe, após a ingestão, Lucas disse à avó que iria ao banheiro. Em seguida, ela escutou os gritos dele e foi ver o que havia acontecido.

“Ela viu que a boca dele estava suja, que estava sagrando, correu e pediu ajuda”, contou a mãe.

A criança foi socorrida e atendida em um posto de saúde da cidade. Posteriormente, foi encaminhada para o hospital municipal e, em seguida, transferida para o Pronto Socorro de Cuiabá, onde ficou internada por 22 dias.

“A parede do esôfago dele foi corroída e obstruída. O estômago também ficou ferido, mas lesões menores”, contou.

Lucas recebeu alta, mas voltou a ser internado na Santa Casa de Cuiabá para um exame de endoscopia. Esse procedimento vai atestar se é necessário fazer uma cirurgia para correção do esôfago.

Em razão dos ferimentos, Lucas emagreceu cerca de 3 kg. Ele também não pode ingerir qualquer tipo de alimento.

Segundo a mãe, a recomendação é que ele tome leite especial e tome água em pequenas quantidades que são ministradas com uma colher.