Vilmar Crivelatti, de 52 anos, será velado, esta tarde, a partir das 16h, na Câmara Municipal. De acordo com a funerária Nossa Senhora de Fátima, o corpo será trasladado para São Miguel do Oeste, em Santa Catarina, amanhã, às 7h.

Ele era gerente de uma fazenda do produtor Helmute Lawisch, presidente do Luverdense. Vilmar estava indo de uma propriedade para outra, onde iria iniciar os preparativos de colheita, quando a caminhonete Hilux em que ele estava se envolveu em uma colisão com um caminhão.

Helmute estava em Corumbá (MS) com a delegação do Luverdense e está retornando a Lucas para o velório. “Ele trabalhava comigo há mais de 20 anos. Era como um irmão. Lamento profundamente”, disse.

Ainda há poucas informações de como teria ocorrido o acidente. Ao que tudo indica, a caminhonete atingiu a traseira do caminhão e parte da frente ficou embaixo da carroceria.

A Polícia Civil de Lucas e uma equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) fizeram a análise do local da colisão. O trecho onde ocorreu o acidente é asfaltado.