A Câmara Municipal de Guarantã votou na tarde dessa quinta-feira (19-07) um requerimento do prefeito Érico Stevan Gonçalves, onde o mesmo pede a aprovação para que usem os maquinários públicos possam realizar serviços particular para (ACRITÃ), associação que realiza a Expotã.

O requerimento foi aprovado pelos vereadores Zilmar Assis de Lima, Kátia Brambila, Irmão Alexandre Rodrigo e David Marques, a sessão extraordinária foi presidida pelo vereador Silvinho Dutra que não votou devido estar presidindo. Os demais vereadores estavam presentes pois se encontram em viagem fora do município. 

A Expotã uma festa particular que para as pessoas participarem tem que adquirir a entrada como cartelas, que atualmente custa R$ 100,00 cada. 

O prefeito pede:

– 32 horas de caminhão caçamba, motonibeladora e pá carregadera;

– 35 horas de caminhão pipa para molhar as ruas da ACRITÃ;

– limpeza e coleta de lixo do parque, durante a realização do evento sempre que necessário;

– instalação da iluminação do parque, aproximadamente 50 horas de serviço.

A população de Guarantã do Norte indignada com essa situação quer saber:

E as ruas da cidade que estão sem molhar?
E as estradas do interior?
E as ruas da cidade que estão em situação precária?
Porque que a população tem que pagar pela benfeitoria em festa particular?

O projeto poderá ser aprovado pela Câmara Municipal, sendo os vereadores representantes do povo, conivente ou não com tal gasto.