BR-163 segue interditada no trecho entre Novo Progresso e Moraes Almeida, no Pará

O tráfego na BR-163 permanece parcialmente interditado na manhã desta segunda-feira (5) em Novo Progresso para caminhões carregados, rumo aos portos. Devido às chuvas que atingem a região sudoeste do Pará no inverno Amazônico, a rodovia ficou com restrições de tráfego no trecho entre Novo Progresso e Moraes Almeida desde quinta-feira (1º). 
 
De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), o tempo de parada estimado em 125 horas, podendo variar para mais ou para menos. Para evitar o acúmulo de veículos em Moraes Almeida, a fila de caminhões em Novo Progresso está sendo liberada gradativamente. Mesmo com o clima seco, a pista continua escorregadia, o que dificulta a tração dos caminhões nos trechos em aclives. O tempo de parada em Moraes Almeida é estimado em 9 horas. 
 
No sentido sul, rumo a Mato Grosso, embora lento o tráfego de caminhões descarregados é contínuo. Já no trecho localizado entre Campo Verde e Santa Luzia, o clima está chuvoso, mas o tráfego flui normalmente, nos dois sentidos – Norte e Sul. 
 
Um total de mais de 220 homens, incluindo agentes de trânsito, servidores e colaboradores do DNIT, o efetivo do Exército e agentes da PRF foi mobilizado desde dezembro para garantir a trafegabilidade no trecho não asfaltado da BR-163 durante o período de chuvas.