Conheça os rostos que brilharam este ano no futebol brasileiro e mundial, além do atletismo, natação e tênis.

Em destaque no ano, o jovem jogador do Flamengo, que antes de estrear já valia milhões, e a talentosa tenista brasileira Bia Haddad.

Com apenas 16 anos, sem ter estreado ainda pelo time principal do Flamengo, o jovem atacante foi negociado em maio com o Real Madrid por 45 milhões de euros (175,3 milhões de reais). O time carioca poderá ficar com o jogador até 2019, podendo receber ainda mais uma bolada se os espanhóis quiserem levá-lo mais cedo. Enquanto isso, ele tenta mostrar em campo que justifica todo o dinheiro investido.

Fábio Carille – Corinthians

Fábio Carille

O treinador do Corinthians Fábio Carille durante entrevista no CT Joaquim Grava (Heitor Feitosa/VEJA.com)

O técnico Fábio Carille alcançou na temporada de 2017 um feito considerável: deixou para trás a condição de interino para se transformar em um dos responsáveis pela excelente temporada do Corinthians, que conquistou os títulos dos Campeonatos Paulista e Brasileiro. Discípulo de dois treinadores que prezam pelos bons sistemas defensivos (Tite e Mano Menezes), montou uma equipe sem estrelas e extremamente eficiente. Os resultados comprovam que a aposta em Carille foi correta.

Mbappé – Paris Saint-Germain

Kylian Mbappe comemora gol pelo Paris Saint-Germain, durante partida do Campeonato Francês, (Catherine Ivill/Getty Images)

O atacante francês Kylian Mbappé já havia dado uma amostra de seu potencial em 2016, marcandoimportantes gols pelo Monaco no Campeonato Francês e na Liga dos Campeões. Mas sua chegada ao Paris Saint-Germain nesta temporada, por empréstimo, o consolidou como uma das grandes revelações do futebol mundial, com preço do passe estipulado em 90 milhões de euros (350,6 milhões de reais).

Leroy Sané – Manchester City

O jogador da Alemanha Leroy Sané

O meia alemão Leroy Sané vem brilhando também com a camisa do Manchester City (Alexander Hassenstein/Bongarts/Getty Images)

O atacante alemão Leroy Sané, de 21 anos, chegou ao Manchester City em agosto do ano passado, mas passou a ser considerado peça-chave no time de Pep Guardiola nesta temporada, sendo escalado como titular em praticamente todas as partidas da Premier League.

Donnarumma – Milan

Goleiro do Milan, Gianluigi Donnarumma, beija a camisa durante partida contra o Juventus, em Turin, Itália

Goleiro do Milan, Gianluigi Donnarumma, beija a camisa durante partida contra a Juventus (Emilio Andreoli/Getty Images)

O jovem goleiro Donnarumma, de apenas 18 anos, é apontado como o principal candidato à sucessão do ídolo Buffon na seleção da Itália. Formado nas categorias de base do Milan, tornou-se titular absoluto da equipe nesta temporada.

Caeleb Dressel – natação

Caeleb Dressel

Caeleb Dressel ganhou sete medalhas de ouro no Mundial de Esportes Aquáticos na Hungria (Adam Pretty/Getty Images)

Aos 21 anos, o nadador americano Caeleb Dressel foi o principal destaque individual do Mundial de Esportes Aquáticos, este ano em Budapeste. Em seu primeiro mundial sênior, colecionou marcas impressionantes. Igualou, por exemplo, o genial Michael Phelps em número de medalhas de ouro numa mesma competição (sete), além de ter sido o primeiro nadador da história a ganhar três finais no mesmo dia (50m livre, 100m borboleta e 4x100m medley misto).

Dele Alli – Tottenham

Dele Alli, do Tottenham, comemora seu gol contra o Real Madrid, pela Liga dos Campeões, em Londres (Paul Childs/Reuters)

Uma das grandes revelações do futebol inglês, o meia Dale Alli, de 21 anos, é considerado uma das grandes promessas do futebol europeu. Titular absoluto do Tottenham, tem valor de mercado estimado em 60 milhões de euros, de acordo com o site especializado Transfermarkt.

David Neres – Ajax

David Neres comemora gol pelo Ajax no Campeonato Holandês, em Amsterdã (Dean Mouhtaropoulos/Getty Images)

O ano mal tinha começado e o atacante David Neres, então com 19 anos, viu sua vida mudar completamente, ao ser negociado pelo São Paulo com o Ajax, da Holanda, por 50 milhões de reais (15 milhões de euros, em valores da época). Foi a quarta negociação mais cara da história do São Paulo. Além de encher os cofres do antigo clube, David Neres também vem alegrando os torcedores do Ajax, com belos gols e assistências.

Christian Coleman – atletismo 

O americano Christian Coleman exibe a bandeira americana para festejar a medalha de prata na final dos 100 metros do Campeonato Mundial de atletismo, em Londres (Matthias Hangst/Getty Images)

Christian Coleman foi um dos responsáveis em frustrar a despedida do jamaicano Usain Bolt com uma nova medalha de ouro no Mundial de atletismo, em Londres, no mês de agosto. O velocista de 21 anos, nascido em Atlanta, na Geórgia, mostrou suas credenciais já na semifinal dos 100 metros, quando deixou Bolt para trás. Na final, ele voltou a derrotar o jamaicano e só ficou atrás do compatriota Justin Gatlin, o grande campeão.

Bia Haddad – tênis 

Em 2017, Bia entrou entre as 100 melhores do mundo no ranking da WTA (Julian Finney/Getty Images)

A brasileira Bia Haddad entrou em 2017 para a história do tênis feminino do país. Com 21 anos, e ótimas participações em importantes torneios, como Roland Garros e Wimbledon, ela tornou-se em 2017 a oitava tenista brasileira a chegar ao top 100 da WTA (Associação Feminina de Tênis), tendo alcançado a 58ª posição em 25 de setembro.