Corpo de Bombeiros tenta combater com ajuda de caminhões-pipas, funcionários de fazenda e cerca de 16 militares.

Incêndio registrado no Parque Estadual Serra de Ricardo Franco, na região de Vila Bela da Santíssima Trindade (562 km distante de Cuiabá), já consumiu cerca de cinco hectares de área ambiental preservada, ou seja, total de 3,3% da terra. Esse é o segundo caso de queimada no local em menos de 30 dias e o Corpo de Bombeiros já trabalha para combater as chamas.

O incêndio florestal é considerado de grandes proporções, com aproximadamente 15 quilômetros de extensão. O Corpo de Bombeiros informou que a equipe responsável realizou nesta quinta-feira (07) sobrevoo para avaliar a área, de modo que a situação é de magnitude larga e com várias “frentes de fogo”, inicialmente.

Ainda conforme o CBMT, as equipes enviadas receberam auxílio de funcionários de uma fazenda para localização do principal aceiro, que cobre toda a frente da extremidade norte.

Ainda no mesmo dia, os bombeiros realizaram um reconhecimento em um ponto menos íngreme da serra, onde conseguiram se infiltrar na mata para tentar se aproximar do fogo que está em cima da serra.

Uma aeronave – equipada para combater incêndios florestais – descolou no período da tarde, porém, por causa da baixa visibilidade proporcionada pela fumaça, não conseguiu fazer o combate aéreo – situação essa que causaria insegurança no voo.

Nesta sexta-feira (08), os bombeiros continuam tentando combater ajuda de caminhões pipas, mais 20 funcionários da fazenda e cerca 16 militares.