Mesmo com Neymar fora de campo, o uruguaio conseguiu cobrou com perfeição falta na entrada da área e evitou o pior no clássico contra o Olympique.

O Paris Saint-Germain, liderado pelo brasileiro Neymar, por muito pouco não teve sua primeira derrota no Campeonato Francês na tarde deste domingo. A equipe conseguiu o empate por 2 a 2 no clássico contra o Olympique de Marselha, no estádio Vélodrome. Neymar fez o primeiro gol do Paris Saint-Germain, mas no final do confronto foi expulso, levando dois amarelos em apenas cerca de três minutos. Cavani, em uma cobrança de falta, conseguiu empatar nos acréscimos.

O clima já era tenso desde antes da partida, quando torcedores do Olympique causaram confusão em confronto com a polícia, culminando em 10 detenções e 4 pessoas feridas. A tensão também contagiou os jogadores dentro das quatro linhas de campo, principalmente no segundo tempo.

Neymar foi protagonista em duas confusões: uma saiu como herói e outra saiu expulso de campo. Em uma cobrança de escanteio, o atacante brasileiro foi perturbado pelos torcedores adversários com garrafas e outros objetos jogados em sua direção. O jogo teve de ser paralisado por alguns instantes para conter a euforia dos fãs do Marselha. Neymar só conseguiu finalmente fazer a cobrança com um “paredão” formado por alguns seguranças e outros funcionários.

Já no final da partida, logo após o segundo gol do Olympique, o camisa 10 do PSG levou um amarelo por reclamação e, minutos depois, levou outro por arrumar confusão com o argentino Lucas Ocampos, atacante adversário. Aos 48 minutos do segundo tempo, o que parecia um pesadelo para os visitantes virou sensação de alívio, com uma cobrança de falta perfeita do uruguaio Cavani. O PSG segue líder isolado do Campeonato Francês sem perder nenhuma partida.