A Lava Jato chegou às páginas da revista Sexy depois de estampar capas de grandes publicações e de mexer significantemente com a situação política do Brasil.

Como? A modelo Luciana Hoepers, presa pela Polícia Federal na Operação Miquéias em setembro de 2013, será capa da revista em agosto.

Luciana, além de ostentar a “faixa” de Musa da Lava Jato, também é conhecida por o grande número de cirurgias plásticas.

“Já tive muitos problemas de aceitação com meu corpo. Sofri distúrbios sérios no passado como bulimia e anorexia pelas exigências de passarela. Hoje sou satisfeita e completamente feliz com meu reflexo no espelho”, afirmou.

Operação Miquéias

Luciane foi presa por suspeita de ser uma das arquitetas de um esquema de desvio de dinheiro de fundos de pensão municipais, que teria desviados R$ 50 milhões dos benefícios durante dez anos.

Ela fez parte do grupo de pessoas denunciadas pelo Ministério Público Federal (MPF) por corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. De acordo com as investigações, eles simulavam consultoria financeira e usavam empresas fantasmas para lavar o dinheiro desviado. “Mulheres bonitas” faziam os primeiros contatos com os gestores.