Ministério russo de Situações de Urgência ainda não informou o número exato de feridos.

Um incêndio de grandes proporções foi deflagrado em um grande mercado no extremo-sudoeste de Moscou neste domingo (8), deixando vários feridos e levando à evacuação de 3.000 pessoas, segundo nota do Ministério russo de Situações de Urgência.

Por volta das 18h50 GMT (15h50, horário de Brasília), as chamas se espalharam pelos cerca de 55.000 metros quadrados do shopping especializado na venda de materiais de construção e em decoração, ainda segundo o comunicado do governo. Enormes colunas de fumaça preta subiam desse estabelecimento, onde parte do teto desabou.

“No total, 3.000 pessoas foram retiradas do imóvel”, declarou o Ministério de Situações de Urgência, confirmando feridos.

Mais de 290 bombeiros, 170 viaturas e três helicópteros foram enviados para o local, de acordo com o Ministério.