Registro de Camila Pereira com o filho durante sua festa de casamento ganhou relato emocionado do noivo – e tornou casal de Belford Roxo minicelebridades.

O singelo registro acima certamente não foi notado pelo pequeno José Pedro, de quatro meses, que “lanchava” tranquilamente no colo da mãe enquanto o pai, o empresário Jonata Lopes, fotografava a cena. Aos olhos atentos da internet, entretanto, a imagem da fotógrafa Camila Pereira amamentando o filho pequeno durante a própria festa de casamento não passou despercebida. Tampouco a peculiar declaração do marido, na legenda, que começava com o relato de “um dia de terror” – agravado pelo atraso de duas horas da noiva, presa em um engarrafamento entre a casa em Belford Roxo e o salão de festas em Nova Iguaçu, ambos municípios da Baixada Fluminense – e terminava com emocionantes votos à la “felizes para sempre”.

A foto, postada à 1h30 da manhã de domingo, enquanto Camila e Pedro dormiam, angariou nada menos do que meio milhão de curtidas e mais de 150 mil compartilhamentos. Não demorou para que Jonata fosse apelidado de “Rodrigo Hilbert de Belford Roxo”.

“O engraçado é que eu li o texto justamente enquanto dava de mamar ao Pedro, logo depois de acordar. Fiquei emocionada. Meu marido é muito brincalhão, mas é um pouco tímido”, disse Camila a VEJA. A homenageada garantiu ainda que todo o conteúdo do post – o primeiro encontro sob a chuva, o pedido de namoro moderno (por iniciativa dela) e a atual rotina apertada ao som de Galinha Pintadinha – é verdade. Camila confirmou também o trecho em que Jonata diz que “já aprontou, sim”, mas defende que a referência aos erros tornou o texto mais real. “Casamento é matar um leão por dia. Já estivemos a ponto de desistir de tudo. Funcionou porque lutamos muito para continuar”, explica.

A sinceridade do relato de fato chama a atenção. O empresário confessa que tomou três copos de chope antes da cerimônia para manter a calma e, inclusive, dá permissão para a mulher “comer igual a um pedreiro”, justificando: “Se você engordar, fica tranquila, eu vou continuar te amando”. Camila achou graça. “Sempre fui muito magrinha e passei a comer muito durante a gravidez. Acho que ele ficou assustado”, brincou.

De casal anônimo da Baixada Fluminense, Jonata e Camila se tornaram minicelebridades da web e, desde ontem, recebem toda a sorte de comentários – a maioria votos de felicidades ao casal e pedidos de internautas para que os parceiros lhes escrevam declarações no mesmo modelo. “Muita gente veio me agradecer dizendo que recuperou a esperança no casamento depois de ler o texto do Jonata. Homens que nunca disseram ‘eu te amo’ para as parceiras nos relataram suas tentativas. Estamos nos sentindo apresentadores do Love School“, brinca a esposa, citando o programa de conselhos sentimentais da TV Record.

Quanto às “dicas” de relacionamento, Camila repetiu a VEJA as palavras de Jonata e reivindicou a autoria: “Fui eu quem disse isso tudo para ele. Mas é isso, não tem segredo: tente, tente de novo, faça o possível, perdoe, peça perdão, ceda, não espere pelo outro, evite brigar por bobeira – mesmo que esteja certo –, seja compreensivo, não aja por impulso e, o mais importante: dê valor”. As frases, é verdade, não são novidade a qualquer leitor minimamente familiarizado com o universo das comédias românticas – e, entre os comentários, há quem classifique o depoimento como “ridículo”. A esta crítica, responde o poeta Fernando Pessoa: “As cartas de amor, se há amor, têm de ser ridículas”.

Sabe essa mulher aí vestida de noiva, ontem eu me casei com ela. Para todos os convidados foi um dia bem divertido, mas…

Posted by Jonata Lopes on Saturday, September 9, 2017