Eleita a musa do Campeonato Mato-grossense de Futebol 2017, Debóra Vaez diz que foi pega de surpresa com o título e que ser avó não a preocupa nem um pouco em participar de concursos com mulheres mais jovens. “Sou muito bem resolvida com minha idade e não tenho insegurança em competir com outras mulheres que sejam mais jovens que eu”, relata.
 

Mãe de uma jovem de 20 anos e com a uma netinha de dois anos, Débora conta que tem muito cuidado com sua pele e cabelo. Ostentando um corpo escultural em seus bem vividos 38 anos, a musa ressalta que essa preocupação com o corpo não gira em torno de dietas e nem muito menos ser uma “viciada” em exercícios físicos.
 
“Eu cuido da minha alimentação, mas acho que é a genética que não em deixa engordar. Eu não faço dieta. Não deixo de comer o que eu tenho vontade. Eu faço exercícios, mas não tenho a regularidade para fazer”, revela.
 
Débora lembra que ficou receosa ao receber o convite para participar do concurso e que ficou um pouco assustada no começo. Ela conversou primeiramente com família sobre a possibilidade e recebeu todo o apoio, principalmente da filha.
 
“Minha família me apoia muito e por isso decido participar. Não há insegurança por eu ter já quase 38 anos. Mas eu sempre fui muito discreta com minha vida e pensei muito antes de aceitar o convite”, conta a musa.
 

Quebrando os tabus que ditam o que as pessoas devem ou não fazer e a roupa que deve vestir de acordo com a idade ou peso. Débora ressalta que cada um deve fazer o que te deixa feliz. “Claro que é importante ter bom senso e ver o que lhe cabe, mas acho que cada um tem que fazer o que gosta independente do que os outros dizem”, arremata.
 
Débora é coordenadora escolar e participa de eventos na cidade. Ela foi eleita com 52% dos votos como musa do Campeonato Mato-grossense de Futebol deste ano.
 “Achei que não seria classificada nem para a primeira etapa, mas deu tudo certo e estou aqui hoje”, ressaltou durante evento promovido em um bar da Capital, onde o ex-jogador Vampeta também estava presente.