Ao.

Supremo Tribunal Federal.

Brasília – DF.

Presados Ministros.

É com grande lamento que envio cópia desta “carta aberta” a este tribunal, que a décadas vem deixando a justiça brasileira dia a dia mais desmoralizada.

Vejam senhores, temos possivelmente a justiça mais cara do mundo, se não bastasse, temos também, a justiça lenta, com milhares de processos engavetados a anos, chegando a perderem o decurso de prazo, isto é vergonhoso e até criminoso.

Consequentemente, chegou-se a certeza que não é o voto do mau eleitor que desgraçou o Brasil e sim, a certeza da “impunidade jurídica”, da qual a justiça brasileira é a única responsável.

A mais de 40 anos atrás, vi num pequeno município do estado de Santa Catarina a inauguração de uma ponte de madeira altamente superfaturada e a justiça nada fez.

Com a certeza da impunidade dessa nossa justiça, a ladroeira foi criando corpo tornando-se um verdadeiro monstro insaciável, por parte de nossos governantes e demais políticos, com as benévolas da justiça que seguem abrandando os corruptos.

Hoje a ladroagem politica foge do controle e quem é o culpado? Os senhores, que ao nosso ver, além de pouco produzirem, muitos ministros parecem árduos e verdadeiros advogados de defesa dos políticos ao serem julgados, confirmando-se a certeza vergonhosa da impunidade, onde em resumo o crime compensa.

A saúde esta um martírio, pessoas morrendo em filas e corredores de hospitais, outros sem remédios e sabem por quê? Os políticos roubaram os cofres públicos em todas as instancias e os senhores, nas maiores mordomias de braços cruzados.

A educação vai de mal a pior, sabem por quê? Por causa dos Senhores, se tivessem prendido os ladrões, teríamos dinheiro para pagar melhor os professores e investir no futuro de nossas crianças, esperanças e um amanhã melhor.

Vemos os presídios superlotados, a fome e a miséria infringindo a lei, roubam, matam, aumenta a prostituição, sabem por quê? O dinheiro do social foi roubado pelas facções politicas e os senhores nada fizeram.

A prova do desleixo judiciário é comprovada pelos trabalhos do Juiz Sergio Mouro e sua equipe que prenderam uma infinidade de políticos supostamente ladrões e os que não roubaram, hoje, já sentem medo as garras da Justiça, a Policia Federal e do Ministério Publico Federal, justamente por esta acertada justiça de Curitiba.

Ai se pergunta: o que o STF e as demais instanciam judiciais do Brasil fizeram para punirem os culpados da lava jato? Quase nada, a não ser soltando os indiciados de forma vergonhosa, que esta expondo os ministros e familiares a serem vaiados em aeroportos, praças publicas, teatros, cinemas, até em escolas e, vão ficar reféns em suas casas, pagando caro pela omissão e negligencia. Perderão por assim dizer, o direito de ir e vir. Só para lembrar, temos 221 mil presos na mesma situação de Zé Dirceu e só soltam políticos já condenados. Justiça esta, inimiga do povo que pagam

seus altos salários, enquanto isto tem pessoas mofando na cadeia, porque roubaram comida para os filhos comerem.

O QUE É PRECISO SER FEITO

Que a justiça proíba as atuais legislações politicas, que façam leis das quais abranda a criminalidade de mensalão, petrólão e outros, pois estarão legislando em causa própria e isto é vergonhoso e inconcebível.

Também que se crie uma lei estilo Maria Da Penha que haja de ‘imediato’ nas decisões politicas que prejudiquem a sociedade dando X dias para cada instancia da lei dar seu parecer do cada caso exposto até chegar ao provimento final.

.

Meta de produção de trabalhos para cada juiz e promotores de todas as instancias, como também desembargadores e outros. Pois os advogados ficam sendo cobrados por seus clientes, achando que a culpa é deles da demora, quando na verdade os processos estão engavetados. Tem que haver um prazo máximo para julgamento dos processos.

Proibir a indicação de ministros, desembargadores e outros, hoje escolhidos por presidentes e governadores e sim serão escolhidos por um colegiado apolítico composto de entidades representativas da população, tais como: Rotary clube, Lyons, Maçonaria, OAB, Associação Comercial e outras, com exceção a CUT que é politica. Esta mesma entidade, também faria o controle externo da Justiça, que esta tão desmoralizada.

Tem que haver mutirões ou força tarefa em todas as instancias jurídicas para normalizar o acumulo de processos que estão pendentes. À exemplo: O politico é denunciado por corrupção e o juiz não julga, o mesmo, se candidato novamente, o eleitor não sabe mais se esta votando num cidadão ou num ladrão. O culpado é a justiça.

Os milhares de processos que se acumulam nas varas criminais, provam: 1º) que a justiça pouco trabalha. 2º) Vai dando aos criminosos a certeza da impunidade, pois muito acusado ate morrem antes do julgamento. 3º) Repito os advogado ficam desacreditados com seus clientes por não verem seus processos julgados.

O Brasil esta estarrecido com a lentidão da justiça federal que não prende, mas tem uma grande habilidade, de soltar criminosos.

A má justiça começa com os suntuosos prédios de mármores rodeados de caríssimos vidros fumês com moveis de primeira linha. Em quanto os miseráveis não tem o que comer, não tem remédio e nem teto para se abrigar. Chega a ser revoltante conhecer estes suntuosos prédios. Ai se pergunta, que justiça é essa?.

É prudente a justiça e certos políticos saberem que no caso de uma revolta popular contra estes poderes, não deverão ter apoio de quaisquer “entidade de repressão”, pois quando o povo foi pras ruas no ano passado, ate a policia se dava o luxo de bater continência aos povos revoltados. Pois se o Brasil afunda, eles também vão juntos e tem família.

Atenciosamente

Antonio Benito Signor

RG: 7665431- PR

Guarantã do Norte – MT

Bairro Cidade Nova

Rua Canjarana – N° 1010